sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Novidades na Biblioteca

      A Plantinha dos meus Pais





Sinopse
   Com um texto pedagógico de Manuela Ribeiro, ilustrado de forma magistral por Nídia Nair, este é um livro dirigido a crianças e educadores. Um livro para falar das famílias e de alguns problemas que elas enfrentam na actualidade, muito especialmente a infertilidade e o desejo de adopção. A ”plantinha” é aqui a metáfora da criança desejada. E quando, finalmente, a possibilidade de adoptar surge, a família exulta e exclama com um sorriso de felicidade: «– É esta! É esta a nossa plantinha!» Consta que, levando-a para casa, a nova família passou a cuidar dela com tanto amor como se tivesse nascido de uma das sementes que deitou à terra.



Sinopse
Metas Curriculares de Português – Leitura recomendada para o 8.º ano. - Descobre a história (breve) da Lua, nesta divertida peça escrita em verso, com um toque sublime de imaginação. 


Sinopse

Mergulhe na leitura destas duas coletâneas, separadas por um período de dezasseis anos da vida do poeta (1853 e 1837, respetivamente), de onde foram selecionados alguns dos poemas mais expressivos e representativos da produção lírica garrettiana

.

Sinopse


A Pesca da Baleia e outras narrativas
Baleia! baleia!... Larga! larga!... Lá vai a arça!... Trancou a baleia! trancou a baleia!
Embarca na vida árdua dos pescadores dos Açores no início do século XX, na grandiosidade de um dos momentos mais importantes da comunidade insular - a pesca da baleia - e na beleza serena do oceano que banha as ilhas e lhes dá a vida. Deixe que Raul Brandão lhe revele as imagens; capte os sons; sinta os sabores; e inale os aromas do arquipélago.

Este livro é também recomendado para o 7.º ano de escolaridade, pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.


Sinopse
Quando o Dr. Simão Bacamarte, médico psiquiatra, homem da ciência, constrói um asilo em Itaguaí, nada faria prever os acontecimentos que lhe sucederam. "Eram furiosos, eram mansos, eram monomaníacos, era toda a família dos deserdados do espírito." Mas quem eram, afinal, os loucos? Neste conhecido conto da literatura brasileira, Machado de Assis reflete sobre a fronteira entre a sanidade e a loucura, ao mesmo tempo que constrói um retrato crítico da sociedade da época.

Este livro é também recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 9.º ano de escolaridade, pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.


Sinopse

O arquiteto português Afonso Domingues desenha uma complexa abóbada para o Mosteiro da Batalha, mas fica cego, em 1401, antes de a edificar… O rei D. João I contrata, então, um arquiteto irlandês, mestre Ouget, que não acreditando no projeto inicial, avança com um novo. O que acontecerá?
A história da construção desta abóbada podia ser um simples e aborrecido relato, mas é digna de um romance elaborado. Assim é este e muitos outros episódios da História de Portugal, que Alexandre Herculano tão bem soube glorificar!

Este livro é também recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 8.º ano de escolaridade, pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.



Sinopse
Nesta novela sentimental, Camilo Castelo Branco conta duas histórias intrinsecamente ligadas: a história de um amor clandestino que sofre um desfecho trágico com a morte de Josefa da Lage, mãe de uma bebé recém-nascida levada na corrente do rio Tâmega; e a história de sua filha, Maria Moisés, salva e acolhida por um pobre pescador. É esta dualidade - amor de perdição e amor de salvação - que o autor tão peculiarmente soube retratar, numa novela com traços românticos e realistas imersa no ambiente rural minhoto.


Este livro é também recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 9.º ano de escolaridade, pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de leitura.




Sem comentários:

Enviar um comentário