terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Hoje é Dia de Reis, de cantares, de bolos e de prendas, como manda a tradição!

Hoje é Dia de Reis, de cantares, de bolos e de prendas, como manda a tradição.
   Dia de Reis, que se assinala esta terça-feira, está associado ao bolo-rei e ao “cantar das janeiras” e põe fim às festividades de Natal e Ano Novo, tendo origem na Bíblia.
  Tendo Jesus nascido em Belém da Judeia no tempo do rei Herodes, vieram do oriente uns magos a Jerusalém, perguntando: Onde está aquele que nasceu Rei dos Judeus? Porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos adorá-lo”, lê-se no evangelho de S. Mateus.
   O dia que se assinala esta terça-feira terá origem aqui, sendo o 6 de janeiro mais importante do que o Natal para os cristãos ortodoxos. Assinala a visita de “reis magos” a Jesus, oferecendo-lhe presentes (em Espanha mantém-se a tradição de trocar presentes neste dia), e assinala ainda o fim das janeiras (cantares que na tradição eram religiosos).
   A bíblia não faz referência a “reis” mas a magos e também não diz quem eram, mas o tempo encarregou-se de afiançar que eram Belchior, Gaspar e Baltazar, que nalgumas culturas têm a mesma representatividade do que o “pai Natal”, sendo as renas substituídas pelos camelos, nos quais os tais magos, diz a tradição, iriam montados.
  Em alguns locais de Espanha deixam-se sapatos na janela durante a noite com erva para alimentar os camelos dos reis, um gesto premiado com doces no amanhecer de hoje. Nada parecido com o ouro, incenso e mirra que ofereceram os reis magos há mais de dois mil anos.


   
Sabia que é tradição portuguesa comer romãs no dia dos Reis?

   Acredita-se que quem o fizer terá abundância o ano todo. A romã foi sempre considerada um símbolo de fertilidade por ter uma grande quantidade de sementes.
   Mas o fruto ganhou outros significados como o de abundância, prosperidade e riqueza. O povo diz que no «Dia de Reis deitam-se três bagos de romã no lume para o ter aceso, três bagos na caixa do pão e três no bolso do dinheiro para ter dinheiro e pão (Teófilo Braga, em «O povo Português suas crenças e costumes»).

1 comentário:

  1. Venho por este meio solicitar divulgação do novo espaço Linguagens de Programação, da AEGouveia, onde está a decorrer um Concurso de Programação para os alunos do nosso agrupamento. Obrigado. Prof. Cristóvão Oliveira

    ResponderEliminar